quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Brisa

Hoje eu abri um livro e assoprei palavras.
Elas se desprenderam com uma facilidade, que eu nunca tinha visto antes.
Voaram soltas e coloridas, cada uma com seu charme, com sua cadência.
Até que caíram no chão. Lado a lado.
Nem sei o que elas formaram quando se encontraram.
Hoje eu tô cansada pra poesia.
Pode ser que amanhã eu volte a falar de amor.

5 comentários:

Bruno disse...

Mas o que as palavras escreveram ao cair no chão?

*Lu* disse...

o Bruno tá engraçaralho...

Cacowitz Finklestein disse...

Melhor do que comer uma caixa de crayons...

chocolatinha disse...

Recolha-as antes que as perca! Palavras perdidas sempre são um problema!



Ps.: O Jesus tá uma graça! Mas isso é paint???

fran disse...

eu gostei tb do jesus de suspensorio...
que retro!
bjos