domingo, 29 de junho de 2008

Arre...

Existem sentimentos que unem todos os seres humanos. A irritação e a impaciência são ótimos exemplos, essas que eu estou sentindo agora. Estou de saco cheio, irritada com Deus e o mundo, dando coice na sombra. Se alguém sorrir para mim agora, faço a Naomi e jogo o celular. Aliás, o celular, a bolsa, a mãe, o que estiver na frente. Estou furiosíssima.
E então percebi que todo mundo se sente assim. Qualquer pessoa acorda um dia de manhã querendo matar o primeiro que aparecer pela frente.
Achei isso muito bonito, muito poético. É isso, esse sentimento implacável, que une eu, você, um eslovaco e aquele cara que esfaqueou uma cabeçada no Japão. Somos de culturas completamente diferentes, línguas, costumes, rostos, mas a irritação todos nós, veja bem, TODOS nós sentimos.
Por um momento eu fiquei razoavelmente mais calma já que percebi que não é só comigo, que não estou sozinha nesse barco. Mas logo me irritei de novo porque um infeliz estava atrás de mim falando muito alto e esbarrando na minha cadeira o tempo todo. Tenha santa paciência.
Isso me levou a outro pensamento: A rapidez com a qual as pessoas conseguem tirar os outros do sério, mas isso é outro assunto sobre o qual eu não vou falar agora.
Tô sem paciência para isso.

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Estão de sacanagem, né?

Sérião, só podem estar de sacanagem com a minha cara. Outro estudo mega-hiper-ultra-über útil chegou à outra mega-hiper-ultra-über conclusão mega-hiper-ultra-über brilhante: Homens gostam mais de sexo casual que mulheres. Essas pessoas estão de brincadeira? Respondam-me, por favor. Não é possível que um ser humano em sã consciência tenha que fazer um estudo científico para saber disso.
Olha isso: "Segundo a pesquisa, os homens demonstram maior satisfação sexual, autoconfiança e gostam de contar aos amigos sobre suas experiências.Já muitas mulheres entrevistadas disseram se sentir usadas e decepcionadas e ainda se preocupam com a conseqüência para sua reputação."
Isso é brincadeira, né? Diz que é. É pegadinha do Mallandro? Eu me recuso a acreditar que isso seja um estudo publicado e tudo mais. Tipo, alguém pagou essas pessoas para fazerem essa pesquisa.
In-fucking-credible.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Vamos começar uma coleção?

Depois do Jesus Talking Doll descobri o Deluxe Jesus Action Figure e tive a brilhante idéia de começar uma coleção santa.

Esse não fala e isso me deixou meio triste sabe, mas então eu descobri o que ele faz:
Antes de mais nada, é uma edição Deluxe. Ele tem algo em torno de 13cm de altura, e vem com 5 pães, dois peixes, e um jarro para transformar água em vinho. Mas o que mais me impressionou não foi todo esse mettre en scène bíblico, mas sim uma pequena observação que vem depois do “jarro para transformar água em vinho”, que versa: Não há garantia de que funcione realmente. Que sensacional, não? Eles avisam porque são muito gente fina e não querem ninguém processando o integrante mais famoso da Santíssima Trindade por aí. Mas, assim, pobres crianças. Imagina a desilusão de um delinqüente-mirim crente crente que ia traficar vinho pros amiguinhos e descobre que “não há garantia de que funcione realmente”. Isso destrói a infância de qualquer um. Se bem que não é nada que “Mãos milagrosas que brilham no escuro” não resolvam!

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Lista de Livros pt. 2

Como tá escrito aí em cima, essa é a segunda parte daquela lista de livros que eu li, achei muito bons e resolvi indicar a quem interessar possa. Então vamos que vamos!

Jô Soares - O Xangô de Baker Street
Patricia D. Cornwell - Post-Mortem
Zlata Filipovic - O Diário de Zlata
Ana Miranda - Sem Pecado
Sara Paretsky - Blacklist
Jon Evans - Blood Price

Esses dois últimos, como ficou meio óbvio, estão em inglês e até desconfio que os títulos em português possam ser a tradução literal do original, mas como não tenho certeza, não afirmo nada. Aliás, se alguém descobrir, pode me informar, viu?

sábado, 21 de junho de 2008

Nosso brinquedinho oficial!

Caraaaaaaaa! Olha isso! Olha!!


Não, não fui eu que fiz e sim, é um Jesus Talking Doll! No site do “Holy Action Figure” tem um vídeo que todos os mortais devem assistir.
Gente, isso é tão emocionante que eu não sei nem o que dizer! Um boneco de Jesus que fala é demais para mim.
Por US$ 19,99 (ou 19,95, esse site não se decide) você pode ter o seu próprio Jesus. Ele, como diz o vídeo, recita as escrituras e conversa com seu filhinho. E não é só isso. Jesus, the Talking Doll tem 30cm de altura, braços, pernas e mãos articulados e vem com roupa de linho, xale rústico, cinto de corda e sandálias tradicionais.
Mas foda-se tudo isso. Ele fala. É só isso que interessa.
Agora, a pergunta que não quer calar é: Será que eles entregam no Brasil?

P.S.: Tentei achar o vídeo no YouTube, mas só achei uma versão “fast forward”, bem ridícula, mais até que a original. Pra quem quiser tá aqui o link.

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Haha, isso é muito divertido

Olha que fino, achei essa brincadeirinha em uma dessas de minhas andanças aí por esse mundo estranho que chamamos de internet. E achei muito divertido! Chama-se Seu Primeiro Disco e funciona assim:
1) acesse http://en.wikipedia.org/wiki/Special:Random - o título da primeira página aleatória que aparecer será o nome da sua banda.
2) vá pra http://www.quotationspage.com/random.php3 - as últimas quatro palavras da última frase da página formarão o título do seu disco.
3) acesse http://www.flickr.com/explore/interesting/7days/ - a terceira foto, não importa qual seja, será a capa do seu disco.
Vamos ao meu (primeiro, já que obviamente eu não me contentei em fazer um só):



Gostei tanto dessa falta do que fazer que talvez eu até poste outros discos!

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Fez a Britney melhor que a própria

Srta. Spears, tremei:



Não é que o rapaz fez a Britney melhor que ela mesma? Tô bege.
Isso foi essa semana no America's Got Talent e a piranha chama-se Derrick Barry.
Ela devia contratar o mocinho para trabalhar no lugar dela às vezes, tipo dublê. Ia fazer bem melhor no VMA 2007.
Eu adorei, mas se eu fosse Brit Brit teria ficado louca do edi de medo de perder o posto de princesinha do pop.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Aos nossos (não) devotos

Para converter os que ainda não foram convertidos:

Aqui ó: Church Sign Generator

terça-feira, 17 de junho de 2008

Um blog para os viciados em séries

Para quem, como eu e a Lu, é viciado em séries, vai uma dica: Só seriados de TV.
Trata-se de um blog excelente que fala sobre todas (ou pelo menos bem perto disso) as séries que passam aqui, e que ainda tem, de quebra, uma lista de outros sites também só sobre séries.
Adorei!

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Gosto de livros

Gosto muito de livros, mas gosto ainda mais dos livros que gostam de ser livros. Dos que emanam o orgulho das palavras que têm escritas, dos que exalam o olor da diversão egoísta, dos que nos iluminam a face quando os seguramos, imaginando seu conteúdo.
Aplaudo de pé os que nos fascinam a ponto de não querermos que acabem nunca, só para não perdermos aquela expectativa de continuar a viagem por seus parágrafos. Ovaciono aqueles que sabem nos guiar suas longas retas, mas também por suas curvas fechadas. Abro largos sorrisos quando leio um livro pelo qual me orgulho de descrever as largas avenidas e pequenas vielas de palavras que formam sonhos.
Esses livros, esses que se orgulham de ser livros, são os que nos despertam nas manhãs secas, os que nos esquentam nas tardes frias e cinzentas, os que nos põe para dormir numa noite estrelada de verão. São os companheiros ideais. São os mais belos dos livros por serem e quererem ser simplesmente belos livros.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

É a semana dos cientistas sem o que fazer

Um estudo feito com base em dados coletados por uma operadora de celulares demonstrou que os seres humanos são "criaturas de hábitos".
No Globo.com: "A maior parte de nós vai ao trabalho, escola e volta para casa em padrões surpreendentemente previsíveis, algo que os pesquisadores afirmaram ser útil no planejamento urbano e preparação para emergências" e ainda "Apesar da diversidade de sua história de viagens, os humanos seguem simples padrões reproduzíveis".
Eu só quero perguntar duas coisas:
a) Esse "estudo" revelou alguma coisa que qualquer retardado mental já não sabia?
b) Não tinha coisa mais importante para pesquisar não? Tipo uma vacina pra AIDS ou uma cura pro câncer?
Essa gente ganhando dinheiro para chegar à brilhante conclusão de que rotina=rotina e eu aqui desempregada. Francamente.

À melhor amiga/aniversariante do dia

À amiga:
Ela tem aquela gargalhada alta, gostosa, solta, que contagia todos em volta.
Ela aparece na sua casa só por aparecer.
Ela é aquela amiga que sua mãe chama de filha.
Ela te liga a cobrar.
Ela tem uma escova de dente na sua casa.
Ela é aquela irmã que você nunca teve, mas sabe que se tivesse, ia ser exatamente como ela é.
Ela fica acordada com você até altas horas da madrugada, rindo de coisas muito sem graça.
Ela é aquela amiga que você tem desde os 5 anos de idade. Ou seria 6? Você já nem lembra mais.
Ela te chama para almoços em família.
Ela sabe dos mínimos detalhes da sua vida e vice-versa.
Ela usa as suas roupas e você usa as dela.
Ela briga com você quando acha que você está errada e espera que você faça o mesmo.
Ela faz uma falta danada, mesmo que vocês só tenham ficado três dias sem se ver.
Ela é para você o que você espera ser para ela.
Ela é simplesmente a melhor amiga que você poderia ter.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Mais um estudo científico muito útil

Mais algum cientista com muito o que fazer realizou um estudo que descobriu a área do cérebro responsável por detectar o sarcasmo.
Foi muito útil porque agora eu sei que eu detecto o sarcasmo alheio através do meu giro hipocampal direito e graças ao meu lóbulo frontal direito eu consigo ser sarcástica. Aliás, não sei como consegui viver até hoje sem saber disso.
Resta saber se esses cientistas conseguem detectar o sarcasmo aqui presente.

O maior cão do mundo

Olha só o tamanho desse cachorro:



O nome dele é Hércules e ele é um Mastim Napolitano. Dizem que o pequenino está no Guiness como o maior cão do mundo e pesa mais de 100kg.
E pensar que sempre quando eu vejo um cachorro muito grande, eu digo: "Do tamanho de um cavalo". Agora nem faz mais sentido, não depois de ver um que realmente é do tamanho de um cavalo.
Deve se parente daquela vaca.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Carrego

Carrego comigo tudo o que eu fui, e tudo o que eu quero ser.
Carrego lágrimas e cada uma das minhas gargalhadas.
Levo cada um dos meus amigos, guardados com cuidado.
Levo cada vitória e cada derrota.
Carrego aprendizado.
Carrego comigo, tudo o que sonhei e ainda sonho pra mim.
Guardo todos os caminhos que tomei, e todas as oportunidades que perdi.
Levo todas as pessoas que conheço e as que eu ainda vou conhecer.
Carrego comigo tudo o que eu fui, e tudo o que eu ainda vou ser.

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Ingleses fazem piada com batida de Hamilton

Vi no Globo.com

Lewis bate - igualzinho ao pai

Acontece que eu fiz a piadinha antes.

De alfa a ômega

Não tente abraçar o mundo.
Não tente resolver todos os seus problemas de uma só vez.
Não tente demais. Sempre acaba dando errado.
Faça o que pode, o que está a seu alcance. Tente sim agradar às outras pessoas, mas agrade primeiramente a você. Ninguém pode te culpar por isso.
Não sofra demais por coisas que você não pode mudar. Faça o que puder e, se não for o suficiente, paciência.
Chega de querer mudar tudo, querer tornar o mundo mais justo, de querer uma vida toda em azul, verde e rosa-bebê. Isso não existe.
Acostume-se com a idéia de que a maioria das coisas com as quais sonhou não vai acontecer. É assim com todo mundo, porque não seria com você?
Saiba que a vida é muito mais difícil do que nos filmes que você tanto gosta.
Agora, levante a cabeça, abra um sorriso, escute uma boa música enquanto toma um bom café.
Tudo na vida passa, inclusive ela mesma.
Guarde tudo isso num cantinho de uma gaveta no seu cérebro e vá viver a vida, sem martírio.
E até o próximo texto.

sábado, 7 de junho de 2008

Pac Man na vida real

Tá, dois retardados resolveram personificar o jogo que todo mundo adorava. Se vestiram de Pac Man e Fantasminha (nunca soube o que eram aqueles bichos, então sempre chamei de fantasminhas) e saíram correndo por um lugar que parece uma biblioteca, gritando e fazendo aquele barulhinho irritante, wacca wacca wacca...
O vídeo foi adicionado há dois anos, então pode ser que vocês já tenham visto, mas de qualquer forma, é sensacional!

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Pai de Hamilton pede desculpas por acidente

Anthony Hamilton, o pai do piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton, bateu com o Porshe Carrera GT do filho na Inglaterra. Bateu não, capotou. Disse que foi o primeiro acidente dele em 30 anos como motorista e, claro, tinha que ser com o carro de outra pessoa. Óbvio.



Eu não tenho nem um velotrol pra capotar e o cidadão me destrói um carro de 612cv e mais de R$1.300.000??? Tô revoltada.
Logo se vê que o talento atrás do volante não tá no sangue...



Hm... Esquece, então.

O que estou lendo

Jack London - The Call of the Wild and White Fang

Ahá! No post do dia 19/5 (Livros que quero ler pt.1) está lá, quinto da lista, Jack London - Caninos Brancos. Acho muito fino poder riscar pelo menos um livro da lista dos que eu quero ler e, tomara, passar para a lista dos livros que eu recomendo.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Mais um jogo inútil, mas divertido

Acho que eu tô virando nerd sério. Mas assim, sério. É que eu tenho muito tempo ocioso, logo, descubro muitas coisas interessantes. Algumas, nem tanto. Outras bem inúteis e assim sucessivamente.
Temos então aqui mais um joguinho ótimo.
Não sei quanto a vocês, mas eu sempre amei quebra-cabeças. Desde de criança, até hoje. Adoro mesmo. Porém, existe um grande inconveniente: Sempre somem peças. Pode ser a primeira vez que você está montando, rasgando o plástico da embalagem e, ainda assim, vai sumir pelo menos uma peça.
Nesse jogo, não. Você não corre esse risco. É um quebra-cabeça on-line no qual você pode escolher o nível de dificuldade. Ele vai de 6 peças comuns a 247 peças triangulares, passando por outros tamanhos e formatos bem diferentes (O crazy é realmente coisa de maluco).
Tem uns bem complicados e uns bem simples, mas todos muito divertidos. Você pode até montar um quebra-cabeça com a sua foto!
Eu adorei o site, já tá nos meus favoritos.

terça-feira, 3 de junho de 2008

Porque vergonha pouca é besteira.

Porque a gente não tem vergonha.
E sim, eu SEMPRE me fodo.
Sempre.


Dona Josefa

video


Viciado

video

bom divertimento.
ou não.

Joguinho sensacional

Então eu resolvi assumir a minha inutilidade. Vou assinar agora meu atestado de "pessoa com muito tempo livre nas mãos" e indicar para vocês um joguinho excelente: Filler.
Trata-se uma brincadeira bem simples: Você deve encher 2/3 (exatos 66,6%) da tela com bolas, enquanto tenta fugir das bolinhas que quicam. Para criar as tais bolas basta clicar com o botão esquerdo do mouse e, quanto mais tempo apertanto o botão, maior a bola. Você pode também arrastá-la, desde que ainda não tenha soltado o botão do mouse. Se uma das bolinhas que quicam irritantemente pela tela esbarrarem na bola que você está enchendo, essa bola explode e você perde bolas do seu limite. A cada fase, aparecem mais bolinhas inconvenientes para atrapalhar a sua vida.
É viciante.
Divirtam-se.

O gosto do cinza-chumbo.

Eu queria sentir o gosto das cores. Só pra te contar como é.
Pra tentar dentro de inúmeras metáforas, ilustrar pra você, aquilo que só eu sei sentir.
Mas parece que você não quer.
Queria te falar do gosto do azul. Do verde. E do azul-esverdeado.
Do curioso gosto do lilás. Do apimentado laranja e do amarelo sem sal. E do gosto do prata, que pipoca na boca. Estala.
Tá sendo difícil te mostrar as coisas. Mais do que eu imaginava que seria.
Tá doendo, machucando, apertando. Me apertando. Deixando minha boca com gosto do cinza-chumbo.
Eu te chamei pra colorir meu mundo. Te levei lápis de cor e giz de cera.
Você só abriu a caixa, e espalhou todos os gostos. Os bons e os ruins. Os azedos e os amargos. Os doces e os picantes. Os opostos.
Tudo meu se perdeu, e você nem reparou.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Morre Yves Saint Laurent

O estilista Yves Saint Laurent morreu no domingo, dia 1, aos 71 anos, na sua casa em Paris.

Mesmo quem não gosta, não entende ou desconhece completamente qualquer coisa que tenha a ver com moda já, pelo menos, ouviu falar nele. Uma lenda.


Fica aqui a nossa homenagem e o primeiro post encheção de lingüiça em 3 dias.