segunda-feira, 14 de abril de 2008

Is this line secure?

Não sei como é a relação de vocês com séries de tv, mas a minha por mais estranho que pareça, é doentia. Só não é mais preocupante, porque eu consigo admitir isso. “Sim, eu tenho um problema. Eu sou viciada. Por favor, devolva meu controle remoto”. Mas vale lembrar que não é assim para todas as séries. Meu último vício adquirido foi 24 Horas.

Sério mesmo. QUAL É A DESSA SÉRIE ?? Eu queria muito entender.

Eu deixei de sair inúmeros finais de semana, me esqueci de comer, não conseguia dormir até que soubesse quem de fato, estava traindo o Deus Jack Bauer.

Sim, Deus. Jack Bauer é Deus. A minha relação com ele é meio que... que... religiosa. Eu tenho a impressão que a qualquer momento, ele vai entrar no meu quarto falando: “I’m Jack Bauer. I’m a federal agent. Can I use your bathroom?”. E sinceramente, eu não sei porque as pessoas desobedecem ao Jack Bauer. Será que elas não aprenderam nada? Na-da? Se ele mandasse eu me jogar pela janela, eu nem ia pensar duas vezes. Acho que se as pessoas escutassem o Jack Bauer, a série ia se chamar “Só um instante”, ou “1 hora e 45 minutos”. O cara é foda. Ninguém bate Jack Bauer. Nem MacGyver, nem Chuck Norris. Tudo bem que o Chuck Norris ia resolver tudo em 23 horas e 59 minutos. Só porque 24 é número de baitola. Mas enfim, o que eu quero dizer é que não existe ninguém, como Bauer. Eu queria um pra mim. Tenho a impressão que se ele caísse na ilha de Lost, ele saia de lá em 24 horas, e ainda achava o coitado do Wilson.

Tem umas coisas que eu, particularmente acho divertidíssimas.

O porque do Jack Bauer sempre repetir o que ele fala. Por exemplo: Ele tá com uma arma na cabeça do terrorista, e pergunta: “Where is the bomb?”. O terrorista continua mudo. Dois segundos depois: “I said WHEEEERE IS THE BOMB?” Aí sim, o cara resolve responder.

Qual é a desse terrorista? Ele é retardado? Por que diabos ele não responde de primeira?

“Ahhhh sim. Agora ele me convenceu. Ele grita! Eu tenho pavor de gente que grita. Arma apontada pra minha cabeça? Imagina... o problema é o tom de voz”.

E o porque dele sempre repetir: “We don't have much time”. “A gente sabe que você tem tempo. Você ainda tá no quinto episódio. Ainda faltam 19 horas. Tem tempo pra caralho aí”.

Mesmo tendo razão (sempre!), o Jack Bauer é fofo.

Tudo bem que ele não come, não bebe água, não vai ao banheiro (com exceção do aqui de casa) e nem sorri. Mas ele é fofo, sempre tem paciência de explicar aos desatualizados qual a ameaça terrorista do momento, e quando a pessoa surta achando que vai morrer, ele pára tudo o que está fazendo, e diz: “Fulaninha, I need you to trust me.” Quem é o surtado que não vai confiar?

Mas mesmo com todo o sofrimento, porque eu sofro. Muito. Não consigo desligar a tv. Fico ali, gritando e xingando absolutamente imóvel, até que a temporada termine. E quando ela termina, eu começo a seguinte.

Sabe como é, né? Não posso abandonar o barco agora, é meu dever. “Do you understand? Today, thousands of lives are at stake. Damnit!”.

Eu admito que não tô me sentindo bem. Se alguém souber de alguma Associação para viciados em 24 Horas, por favor, me avise. Manda um email, envia um scrap, deixa recado no meu celular ou liga aqui pra casa. Sei lá. Faz alguma coisa. Quanto à última opção, posso demorar a atender, porque o telefone fica na sala. E a televisão no quarto. “Copy that?”.

14 comentários:

Anya disse...

Eu super entendo. É um problema seriíssimo, por sinal. Eu sou assim. Não tanto com 24 Horas, mas com House por exemplo. House é vida. Eu não vivo sem. Tem outras séries que também me tiram o sono, mas House me tortura, me deixa nervosa, me maltrata e ainda assim, não abandonarei jamais.

Rastumon disse...

Luanita... na verdade existia uma associação para viciados em 24 Horas, mas após ter sido diversas vezes confundida pelos viciados em caixas eletrônicos, supermercados e lojas de conveniência, resolveram se unir, aumentando o já grande grupo de viciados em série de TV.

Aliás, sei como é o vício em séries de TV. Hj em dia diminui o meu vício para incríveis 4 séries, mas fico com a mão coçando querendo acompanhar outras tipo House ou Pushing Daisies. Quanto ao 24 Horas nem sei por onde começar. Tenho várias observações a respeito. Agora, uma coisa que muita gente não sabe é que ele realmente come e dá uma mijadinha na moita, mas é justamente no intervalo. Imagina só que constrangedor seria para o todo poderoso JBauer se o flagrassem parando o carro para dar uma lavada na grama com a sua mangueira particular no meio do resgate do senador Palmer!?

PS: Adorei o nome do Blog!

Felipe disse...

desenho genial e adorei o texto. nunca vi 24 horas, pq é número de viado e eu sou espada. Ou melhor, facão, pq espada corta dos dois lados. Mas sei quem é Wilson e concordo que ele o salvaria em Lost hahahahahahahhaha

bjo

Bruno disse...

O que nunca entendo na porra do 24h, que não assisto, é o simples fato de que sempre é só um mísero dia na vida desse infeliz onde TUDO ACONTECE. De ameaças catastróficas à morte de entes queridos ao desaparecimento e reaparecimento de zilhões de coisas, tudo isso em caralhas 24 horas. O resto do ano do cara é um PUTA tédio. E que porra é essa de acharem o Wilson em Lost? Quer dizer que tem uma bola de vôlei perdida na ilha? Que falta de imaginação... já fizeram isso no 'Náufrago'. Sim, não vejo Lost. Minha vida é desprovida de sentido, eu sei.

Ai disse...

eu estou com um certo receio de sugerir isso e ser acatado, mas já pensou em ver uma temporada inteira de 24 ininterruptamente durante as 24h? acho q assim até eu veria o super Jack em ação...programinha pro fds...uau.

*Lu* disse...

(Bruno) Bom,vc está mal humorado. você precisa ver 24 horas. vc será outra pessoa.

(Ai) Eu já pensei em ver 24 horas em 24 horas. mas ninguém alimenta essa minha idéia doentia. enfim.

Claudia disse...

Eu não vejo 24 horas.
Mas entendo o sofrimento das séries.
Eu tô tendo crises de pelancas por causa dessa greve de merda dos roteiristas!
(Eu sei que a greve já acabou, mas é que ter tv a cabo e poder assistir a série na tv para mim não é suficiente. Eu gosto de baixar ver antes e me surpreender com a história toda de novo quando passa na tv)
Não tem mais episódio de Lost, de Grey's Anatomy, nem de Desperate Housewives para baixar.
Ten-so!

Meu fim de semana perdeu o sentido.

Ouvi um "looser!" aí? Anh?

*Lu* disse...

o "looser! não fiu eu quem falou!
aliás, super te entendo.
essa greve ridícula dos roteiristas me encucou!
porra! em uma temporada eles gaham mais dinheiro do que ganho durante a minha vida inteiraaaaaaa.
essa greve mó doce, Brasil!

*Lu* disse...

comi vááááááááááááááááááááárias letras no comnetário de cima.
ok. eu tinha fome.
e álcool no sangue.
beijomeliga.

Fernando Caruso disse...

Muito bom. Além de bonita, gostosa e boa de cama (dizem), a moça ainda sabe escrever! Estou estupefato. Texto brilhantemente desenvolvido (não que a minha opinião seja atestado de qualquer coisa, mas enfim) e eu realmente conseguia ouvir a voz e o tom do JB (não o táxi, o Bauer). Parabéns, Luanita. Confesso que me sinto razoavelmente homenageado, também...

Frega disse...

Super to com a Aninha;;;

24H não eh nada, House eh tudo. Obedeça o House, tome oxicodona

*Lu* disse...

Uuuuuuuuulha!

laila disse...

Luana, também adoro 24h e com certeza já pensei em ver 24h em 24h! hahahahaha...=D
muito bom o texto!!

Beijao

Marcos Castro disse...

Muito bom! Grande resposta! Hahahaha