sexta-feira, 18 de abril de 2008

Teletransporte, já!

Eu ainda mato um por causa desse trânsito, Brasil.
Sabendo bem como andam os engarrafamentos, terça-feira passada eu saí de casa às 6:40hs. Isso. 6:40hs da manhã. Isso é hora de algum ser humano que se preze sair de casa?
Pois bem. Às 7:40hs eu ainda não tinha entrado na Ponte Rio-Niterói. Sabe quanto tempo demora da minha casa até a Ponte normalmente, sem trânsito? Uns 15 minutos. E eu demorei quanto? Uma hora. UMA HORA! Jesus, Maria e José! Uma hora? Eu já estava tão deprimida que se o ônibus que eu estava se movesse mais de três metros de uma só vez, uma lágrima escorria de tanta felicidade: "Três metros, gente! Três metros! Faltam só 13,997kms para acabar a Ponte! Em 2032 a gente chega na Perimetral!".
Cheguei na faculdade às 8:30. Adiantou sair de casa quase antes do sol nascer?
Na terça anterior, estava voltando para minha casinha, algo em torno de 14hrs, 14:30hrs. Dou um picolé de abiu para quem adivinhar o que aconteceu. Um engarrafamento que parecia ir do Rio de Janeiro ao Espírito Santo. Gente, terça-feira, 14hrs? Tudo parado? Sem motivo? Se alguém tivesse batido, tombado, capotado ou se a Ponte tivesse desabado, tudo bem! Eu entendia. Mas sem motivo?
Sério, eu acho que deveriam construir uma outra ponte, do lado dessa. Pronto, fica uma para ir, outra para voltar. Essa já não está mais funcionando.
Mas não é só a Ponte, é o Rio de Janeiro inteiro. E Niterói. Trânsito que não acaba mais. Eu estaria começando a me sentir em São Paulo se São Paulo não fosse tão feio.
Por isso eu sou a favor da invenção do teletransporte.
Por que a demora? Não deve ser muito complicado. A gente já criou bombas atômicas, bronzeamento artificial e mojito. Não pode ser muito mais difícil que isso. Será que o problema é dinheiro? Eu ajudo a financiar. Nem que eu tenha que vender um rim, parte do fígado e o útero, mas por favor, andem logo com isso!
Vamos lá! Unam-se a mim na campanha Teletransporte, já!

4 comentários:

*Lu* disse...

SEEEEEEEEEEEEEEEIS E QUARENTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!
foi o que eu mais escutei durante a manhã dessa terça-feira. Obviamente, intercalado com inúmeros palavrões, mas eu te entendo.
E sim! eu apóio a campanha do "Teletransporte Já!"
Se você acha que as "Diretas Já!" foi um movimento civil revolucionário, você ainda não viu nada.
e tenho dito.

Claudia disse...

Eu apóio!
Me dá a caneta!
Me dá um saco de gelo para eu colocar nas costas após retirar meu rim.
Mas eu apóio!
Estava eu fazendo as contas.
Se os fíííílhos da Puc resolvem colaborar com o mundo e deixam a Lagoa transitável, eu levo uma hora para chegar ao Leblon. Se os FÍLHOS DA PUC (sentiu que entonação ficou mais nervosa agora..) resolvem sacanear é 1:30, 2hrs.
E a volta não é melhor nãããão, Brasil!
Não é não!
É pior! BEM pior!

Eu odeio o trânsito.

Carol disse...

Vc tocou num assunto muito sensível pra mim.
Na hora de comentar pensei: vou, não vou, vou não vou, quer saber: vou.
Mas antes uma frase, que não é pra ninguém, mas é que quando penso em trânsito dá vontade de gritar: Vai tomar no cúúúú!!!
GENTE! Isso não é normal! Antigamente as pessoas demoravam três dias pra fazer Rio-São Paulo a cavalo no meio da mata virgem. Hoje na dutra demora 6. Horas? Não diiiiiias!
Já tentei várias paradas terapeuticas. Estou na minha fase Queen. Ligo o rádio bem alto e grito: "Mamaaaa úúúh...I don't wanna die". Mas as vezes o cd acaba e eu ainda não cheguei na UERJ.
Tenho que inventar outra manobra pra isso...

renato disse...

passo BEM de de tanto rir...

dou super apoio ao teletransporte. também libero meus testículos pra ajudar nas pesquisas...espermatozóides pra quê???

bjs!